Redação: Maria Júlia Dias

Henry Ford foi um empresário norte-americano que nasceu no dia 30 de julho de 1863 mas veio a falecer 84 anos mais tarde. Henry já era apaixonado por máquinas desde criança, quando trabalhava com o seu pai na fazenda fazendo manutenção de motores, mas foi aos 16 anos, quando se mudou para Detroit e começou a trabalhar em uma oficina mecânica que entendeu que seria um amor para a vida toda.

Ele estudou engenharia e em 1902 fundou a Ford Motor Co. para em 1903 lançar o seu primeiro carro, conhecido na época como “Modelo A” que possuía dois cilindros. Em sua carreira, Henry Ford teve que lidar com Grande Depressão, crise financeira norte-americana, e passou por vários fracassos que serviram para que ele aperfeiçoasse cada vez mais suas técnicas e conquistasse seus históricos sucessos.

Henry, em toda a sua jornada cometeu um erro absurdo que pode nos ensinar muito: O erro de não ouvir conselhos de pessoas experientes. Muitos de seus conselheiros e, inclusive, seu filho tentaram o alertar de que outras marcas de carro estavam crescendo e se tornando tão populares quanto os dele e infelizmente Henry não conseguiu se adaptar às mudanças do mercado. Já no fim de sua vida, embora com rios de dinheiro no banco, a Ford não era mais a primeira no ranking da indústria automobilística. Claro que sua marca ainda era prestigiada, mas estava em terceiro lugar por falta de inovações.

Mas uma coisa é certa seja em primeiro ou terceiro lugar, Henry fazia o que amava e não só isso, fazia o que dava certo! O empresário era muito entusiasmado por seu trabalho e mesmo que não tenha trilhado um caminho perfeito, ele conseguiu fazer com que a sua ideia de negócio, ou, nas palavras de hoje em dia, sua Startup se tornasse gigante. Sempre que queria melhorar sua empresa, ele investia para produzir mais produtos e de forma visionária passou também a oferecer outros serviços além do que apenas automóveis. Mesmo que essas apostas fossem altas e arriscadas, Henry Ford investia de forma intensa para garantir que tudo funcionasse.

Henry Ford provou ao mundo que tudo é possível se você tiver resiliência o suficiente para perseguir suas ideias. Ele construiu uma marca monstruosa - no bom sentido - do zero e se tornou um ícone capitalista, sem dúvida alguma. Ele mostrou que podemos melhorar e lapidar um modus operandi ano pós ano investindo em tecnologia, capacitação da mão de obra mas principalmente em novas ideias, mentes novas que pensam de fora da caixinha.

Ele provou que tratar bem seus funcionários e aumentar seus salários fazem com que eles não sejam apenas mais eficientes mas também mais inovadores e encorajou outros empresários a fazerem o mesmo. Como qualquer empresário, ele não era perfeito e cometeu muitos erros, mas de sua história saiu boas lições de empreendedorismo!

Seja como Henry Ford, só que melhor! Expanda seus horizontes, sonhe alto, permaneça responsável ​​e não aceite menos do que a excelência.